Nossa História

Desenvolvido com Drupal

A pesquisa no cotidiano escolar

Por Pedro Pontes
Cativar e fazer com que o aluno tenha interesse pelo que é trabalhado em sala de aula é sem dúvida o maior desafio dos profissionais da educação. Novas propostas educacionais têm tornado-se cada vez mais necessárias para a educação de atualmente.

Pedro Demo, um dos grandes pesquisadores e teóricos da educação, critica a escola que assume o papel de apenas repassar conhecimentos, segundo o mesmo, esta não sai do lugar e acaba por atrapalhar o aluno. Para Demo o ensino deve ser fundamentado não no ato da cópia, pois essa, não educa mais que a fofoca ou a conversa com os vizinhos, deverá sim, está pautado na pesquisa, a qual alimentará o princípio científico e educativo.

É nesse sentido que alunos de Geografia do ensino médio do turno vespertino da Escola Santo Antonio estão sendo orientados a desenvolverem pesquisas sobre aspectos locais do município. O processo é iniciado com a indicação pelo professor da problemática a ser investigada, em seguida vem à elaboração colaborativa do roteiro de questões que serão utilizados pelos alunos em campo e orientações gerais sobre como deverá prosseguir a coleta de dados.

A primeira turma a ser experimentada nessa forma de trabalho foi a do 3° ano, a qual coube investigar a percepção do público sobre a qualidade de serviços e espaços públicos do município, como os de saúde, educação, comércio e lazer. O trabalho possibilitou aos alunos conhecer percepções diferenciadas sobre os espaços públicos do município e identificar as suas respectivas problemáticas.

A proposta pedagógica também está sendo usada com as turmas do 1° e do 2°ano, em ambas estão em desenvolvimento trabalhos de campo com entrevistas, o estudo da primeira turma visa conhecer quais são as implicações do clima (seca/cheia) na agricultura local e como os trabalhadores lidam com esse tipo de questões, na segunda o estudo pretende conhecer aspectos sobre a rede elétrica do município em tempos passados e compará-los à rede atual.

Partindo desta perspectiva de trabalho acreditamos que o processo educacional está sendo elevado a dimensões mais significativas, tornando o aluno sujeito na produção de conhecimento, ou seja, autor e parceiro de trabalho do professor.

Não há comentários.

Comentar

Full HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.